Este site não está atualizado, consulte o site do agrupamento atualizado em www.aeffl.pt
Siga-nos RSS Facebook Twitter
3 de Abril de 2020
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size

 
Não há melhor fragata do que um livro para nos levar a terras distantes.
Emily Dickinson

 
Não há melhor fragata do que um livro para nos levar a terras distantes.
Emily Dickinson

 
O tempo para ler, assim como o tempo para amar, aumenta o tempo de viver.
Daniel Pennac

 
O que não consigo criar não consigo compreender.
Richard P. Feynman

 
Na Natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.
Antoine Lavoisier

Abril PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

sombra.jpg A sombra do vento
Carlos Ruiz Zafon
D. Quixote

Uma história inesquecível sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros.
Numa manhã de 1945 um rapaz é conduzido pelo pai a um lugar misterioso, oculto no coração da cidade velha: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Aí, Daniel Sempere encontra um livro maldito que muda o rumo da sua vida e o arrasta para um labirinto de intrigas e segredos enterrados na alma obscura de Barcelona.

Juntando as técnicas do relato de intriga e suspense, o romance histórico e a comédia de costumes, A Sombra do Vento é sobretudo uma trágica história de amor cujo o eco se projecta através do tempo. Com uma grande força narrativa, o autor entrelaça tramas e enigmas ao modo de bonecas russas num inesquecível relato sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros, numa intriga que se mantém até à última página.

O Autor

zafon.jpgCarlos Ruiz Zafón (1964) é um dos autores mais lidos e reconhecidos de todo o mundo. Inicia a sua carreira literária em 1993 com El Príncipe de la Niebla (Prémio Edebé), a que se seguem El Palacio de la Medianoche e Las Luces de Septiembre (reunidos no volume Trilogía de la Niebla), e Marina.
Em 2001 é publicado o seu primeiro romance para adultos, A Sombra do Vento, que imediatamente se transforma num fenómeno literário internacional. O Jogo do Anjo, o seu mais recente romance, também está editado na Dom Quixote.
Os seus livros foram traduzidos em mais de quarenta línguas e conquistaram numerosos prémios e milhões de leitores nos cinco continentes.