Este site não está atualizado, consulte o site do agrupamento atualizado em www.aeffl.pt
Siga-nos RSS Facebook Twitter
3 de Abril de 2020
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size

 
De todos os instrumentos do homem, o mais surpreendente é, sem dúvida nenhuma, o livro.
Jorge Luis Borges

 
Diz-me e eu esquecerei. Ensina-me e eu lembrar-me-ei. Envolve-me e eu aprenderei.
provérbio chinês

 
Não há melhor fragata do que um livro para nos levar a terras distantes.
Emily Dickinson

 
Na Natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.
Antoine Lavoisier

 
O que não consigo criar não consigo compreender.
Richard P. Feynman

Sessão de Poesia com Afonso Dias PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

A Poesia está na Escola… e em toda a parte”

clip_image002


No dia 21 de Março de 2011, Afonso Dias, escritor, poeta e declamador de poesia,  esteve presente no Auditório da Escola Secundária Dr. Francisco Fernandes Lopes numa sessão dedicada à poesia.

Os adultos do Centro Novas Oportunidades foram assistir a esta sessão. Estiveram presentes adultos do Nível Básico e do Nível Secundário, que se encontram em Processo RVCC (Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) ou a frequentar os cursos EFA, manifestando as suas opiniões.


Estas actividades são muito
instrutivas e informativas
sobre a poesia e a leitura.

    Foi muito interessante.

    Gostei muito.

Achei muito interessante
porque assisti pela
primeira vez.

Gostei bastante de tudo.
Desde o convívio o humor
e a arte de comunicar.

   Fiquei orgulhosa em saber
   que em Portugal há boa
   poesia e que há pessoas
   capazes de a dizer com
   toda a delicadeza e
   elegância.

   Adorei assistir à sessão
   de Poesia, mais uma
   vez comprovei que a
   poesia nos transporta
   e nos eleva.



Perante uma plateia repleta, Afonso Dias foi declamando poesias de diversos autores (António Gedeão, Florbela Espanca, Mário Viegas, Natália Correia, Mia Couto, Camões), como quem conta uma ou várias histórias, numa interacção constante com o público, que se deixava envolver pela magia do momento.

O declamador procurou demonstrar que a poesia está em toda a parte e em todos os momentos da nossa vida.

 
manel_da_poesia

No final da sessão, o poeta convidou o público a participar num momento musical, cantando canções de sua autoria.

Actualizado em Quarta, 06 Abril 2011 19:09
 

Destaques

Gala das Francisquíadas 2013
 
Lip Dub 2013
 
 
SeguraNet
 
Agência Portuguesa (PROALV)
Agência Portuguesa (PROALV)
http://www.proalv.pt/public/PortalRender.aspx?PageID={fca3e27e-2ae1-4ddb-b44a-f32523394236}
.Comenius
Questionnaires
 
Projeto “Advocating a Critical Media Literacy”
Apresentação
TwinSpace