Este site não está atualizado, consulte o site do agrupamento atualizado em www.aeffl.pt
Siga-nos RSS Facebook Twitter
31 de Março de 2020
  • Decrease font size
  • Default font size
  • Increase font size

Toda a poesia é luminosa, até a mais obscura.
O leitor é que tem às vezes em lugar de sol, nevoeiro dentro de si.
Eugénio de Andrade

 
A educação é para a alma o que a escultura é para um bloco de mármore.
Joseph Addison

 
Sempre imaginei que o paraíso será uma espécie de biblioteca
Jorge Luis Borges

 
O que não consigo criar não consigo compreender.
Richard P. Feynman

 
A melhor prova de que a navegação no tempo não é possível é o facto de ainda não termos sido invadidos por massas de turistas vindos do futuro.
Stephen Hawking

Início Livro do Mês
Livro do Mês
Dezembro PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
A rapariga que roubava livros
Markus Zusak
Presença

Quando a morte nos conta uma história temos todo o interesse em escutá-la. Assumindo o papel de narrador em A Rapariga Que Roubava Livros, vamos ao seu encontro na Alemanha, por ocasião da segunda guerra mundial, onde ela tem uma função muito activa na recolha de almas vítimas do conflito.
Continuar...
 
Novembro 2009 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
preludio.jpgPrelúdio
Inês Botelho
Gailivro, 2009


Depois de conquistar milhares de leitores com histórias do fantástico épico, Inês Botelho, neste romance, Prelúdio, muda radicalmente de cenário e conduz-nos numa viagem por um universo em que os protagonistas parecem fazer parte de um bailado que os lança num espaço onde as emoções e os sentimentos estão à flor da pele.
Continuar...
 
Outubro PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
web.jpg

O Ultimo Cabalista de Lisboa
Richard Zimler
Oceanos, 2008

Em Abril de 1506, durante as celebrações da Páscoa, cerca de 2000 cristãos-novos foram mortos num pogrom em Lisboa e os seus corpos queimados no Rossio. Reinava então D. Manuel I, o Venturoso, e os frades incitavam o povo à matança, acusando os cristãos-novos de serem a causa da fome e da peste que flagelavam a cidade.


 


 


Continuar...
 
Setembro PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

garcia2.jpg O Amor nos Tempos de Cólera
Gabriel Garcia Márquez
Dom Quixote

"... Descobri, ao acordar, que tinha maduro no coração o romance de amor que havia ansiado escrever há tantos anos."

Continuar...
 
Abril PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

sombra.jpg A sombra do vento
Carlos Ruiz Zafon
D. Quixote

Uma história inesquecível sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros.
Numa manhã de 1945 um rapaz é conduzido pelo pai a um lugar misterioso, oculto no coração da cidade velha: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Aí, Daniel Sempere encontra um livro maldito que muda o rumo da sua vida e o arrasta para um labirinto de intrigas e segredos enterrados na alma obscura de Barcelona.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 Seguinte > Final >>

Pág. 3 de 8